O estilo da “EMOúsica”!

28 03 2008

Esta semana, uma palavra circulou com intensidade nos sites da vida. 
A palavra EMO apareceu nas seguintes manchetes….

“Rafinha diz que não é EMO” (mas tocou com o NX Zero, essa semana e vai participar de alguns shows da banda).
“Jovens mexicanos se organizam para a extinção dos EMOs” .
“Ex-EMOs jogaram as franjonas de lado, apostaram no megahair e migraram para uma nova tribo que está sendo chamada de “from UK”.

(poutz, será que agora
o EMOtioncore vai passar a se chamar
“from UKmotion”?)
Palavra triste, essa, neam?!                                Foto by Flávio Moraes/Divulgação G1
 
 
 Pois é, a palavra EMO é a abreviação de “emotional”, em inglês, e, é como se chama o gênero musical emotioncore, derivado do Hard Core. No Brasil, a música EMO apresenta melodias com pegadas rápidas e letras de dor de cotovelo, na maioria das vezes.

Tudo começou em Washington, quando algumas bandas da cena punk migraram suas músicas para uma composição um tanto distorcidas de punk rock. Mas lá, os emos não choram tanto nas canções e na vida como aqui no Brasil.

Por aqui, a palavra EMO passou a representar não só o gênero musical citado a cima, mas um estilo de se vestir e de agir. O movimento EMO é recente e ainda não é aceito pela maiora das demais tribos. Para reconhecer um EMO na rua, não é muito difícil, pois seu estereótipo apresenta franjas chapadas para um lado do rosto, colares de bolinhas, all star xadrez e muito drama no corpo e na alma!

Mas como dizem as notícias, parecem que os EMOS cansaram deles mesmos e  querem ser um pouco mais alternativos. No visual, até pode dar certo, mas na alma e na música, acho um tanto difícil…. Depois de tanto preconceito com seu estilo, a tribo está migrando para cabelos com megahair e roupas mais “moderninhas”, inovando a aparência na internet com base nos jovens do Reino Unido.

Por enquanto, a música continua a mesma, os mesmos choros… mas os cabelos! Vou te contar hein!!

 

_______________________

COMENTE E OPINE:

Qual sua opinião sobre a transformação dos EMOs para tribo “from UK”?

Anúncios




Galeria CBGB

28 03 2008

CBGB

Futuro Morrison Hotel Gallery, ex-abrigo de punks novaiorquinos e ontem, hoje e sempre CBGB! Transformar o cenário de tantas histórias em galeria de arte é um futuro merecido! Aleluia!

 

COMENTE E OPINE:
Você quer saber um pouco sobre as insanas hitórias que rolaram no CBGB?





As Bonecas de NY em Sampa

21 03 2008

Existem bandas que você espera muito tempo para ver ao vivo, e quando elas vêm para uma cidade próxima, não se pode perder. New York Dolls é uma delas.

As “Bonecas de Nova York” surgiram nos anos 70, época nyd.jpgnyd.jpgem que os Ramones, Stooges e Patti Smith inventavam estilos de rock’n’roll. Além de pertenceram ao movimento punk, o figurinho brilhoso e feminino sempre foi uma das principais carcterísitcas do grupo. Assim como mensagens subliminares de revolta social nos seus sons.

A banda deu um tempo dos palcos e discos na década de 80, mas, os problemas com a mídia, empresários e drogas foram menores do que a vontade de Johnny Thunders e seus amigos voltarem para a vida de rock star. De volta à ativa desde 1992, os Dolls subirão no palco do Hangar 110, dia 4 de abril, em São Paulo.

Mais informações no fotolog do Focka!

Uma dica para quem curte New York Dolls: escute a banda gaúcha Damn Laser Vampires!